Tau da Travessia – A Teopoética de Milton Nascimento

Esta segunda edição dos Diálogos Contemporâneos tem a responsabilidade de discuti r a fé e a espiritualidade nas músicas de Milton Nascimento. A simplicidade é uma marca da criação artística e do jeito de ser desse gênio “mineiro” e brasileiro, e suas canções tocam profundamente a alma daqueles que estão sensíveis ao inesperado. Suas letras e melodias nos convidam a fazer travessias: falam do amor em todas as dimensões e nos lembram que uma vida, para ter sentido, precisa de buscas, de sonhos, de solidões e de fé. Bituca, como os amigos o chamam carinhosamente, desfaz com sua arte a tênue linha que separa (ou aproxima) a imanência da  transcendência, e nos ensina que somos mais felizes quando sentimos, em nossa existência, a beleza e a angústi a do mistério que nos envolve. Aos poucos, vamos compreendendo as  doces palavras de Elis Regina quando diz que, “se Deus cantasse,seria com a voz do Milton”.

Publicação: Instituto Ciência e Fé da PUCPR
Editora: Universitária Champagnat

Download

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*