Diálogos Contemporâneos

Os Diálogos Contemporâneos têm como objetivo a criação de pontes entre as diversas visões de mundo, em especial entre crentes e não crentes. Inserido no universo acadêmico, e a partir de uma conversa verdadeira sobre assuntos que tangem à existência humana e sua relação com o transcendente, espera-se traçar percursos comuns, nos quais a escuta qualificada e a interlocução transparente se transformem em fontes originárias para as buscas de sentido que, para aqueles que acreditam, traduz-se na experiência de Deus, e para outras pessoas, num encontro com o desconhecido.

Ao diálogo com as religiões, deve acrescentar-se hoje, sobretudo, o diálogo com aquelas pessoas para quem a religião é uma realidade estranha, para quem Deus é desconhecido, e contudo a sua vontade não é permanecer simplesmente sem Deus, mas aproximar-se d’Ele pelo menos como Desconhecido (Bento XVI, em 21 de dezembro de 2009).

 

Abertura científica da exposição internacional “Quem é o Homem do Sudário?”

 

Convidado:

Enrico Simonato

Membro da Comissão Diocesana da diocese de Sudário de Turim, Secretário do Centro Internacional de Sindonologia e Codiretor adjunto do Museu do Sudário de Turim.

 

Data: 31 de março de 2017

Horário: 19h30

Local: TUCA | PUCPR

 

Faça sua inscrição gratuitamente pelo site cienciaefe.pucpr.br

Vagas limitadas.

 

Os inscritos receberão declaração de participação mediante presença. A declaração deve ser solicitada pelo sistema no ato da inscrição.

“Neste breve e contundente ensaio Agamben mostra como, no encontro fugaz entre Pilatos e Jesus estava em jogo um evento enorme e inédito, para além do drama da paixão e da redenção. Neste encontro irreconciliável entre o “mundo dos fatos” e o “mundo da verdade”, provoca Agamben, como nunca em outro lugar na história do mundo, a eternidade cruzou a história em um ponto exemplar. O temporal foi atravessado pelo eterno”. Fonte: Boitempo Editorial

Na programação de Páscoa da PUCPR, o projeto Diálogos Contemporâneos do Instituto Ciência e Fé promoveu o debate: Pilatos e Jesus – uma análise do livro de Giorgio Agamben, com a presença do filósofo, teólogo e um dos tradutores do autor para o português, Selvino José Assmann e do teólogo João Luis Fedel Gonçalves.

Confira os photobooks deste projeto